Confea defende medidas de curto prazo para fortalecer a Engenharia

Compartilhe

Por CREA-RN em 28/04/2017 às 10:09

O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) participou de reunião da Comissão de Legislação Participativa, fórum aberto a entidades da sociedade civil, na tarde dessa quarta (26), na Câmara dos Deputados. Representando o Conselho, ao lado do assessor parlamentar Pedro Lopes Queirós, o assessor da presidência do Confea, eng. civ. José Gilberto Campos, afirmou que “apesar da importância de discutir temas mais estruturantes como a representação política, é preciso tomar medidas de curto prazo para reverter a demissão de milhares de trabalhadores e a paralização de diversas obras e empresas em todo o país”.

Assessor da presidncia Jos Gilberto Campos e assessor parlamentar do Confea Pedro Lopes Queirs ao lado da presidente da Comisso de Legislao Participativa Flvia Morais

Assessor da presidência, José Gilberto Campos, e assessor parlamentar do Confea, Pedro Lopes Queirós, ao lado da presidente da Comissão de Legislação Participativa, Flávia Morais

Para José Gilberto, investimentos em segmentos como mobilidade urbana, acessibilidade, qualidade de vida do campo, ferrovias e óleo e gás precisam continuar sendo debatidos pelo Congresso Nacional, além das atividades da Frente Parlamentar Mista de Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento, mantida nos últimos anos. “É muito importante participarmos deste fórum que ouve diversas instâncias da sociedade para que não sejam tomadas iniciativas prejudiciais a essa mesma sociedade ou que nasçam com letra morta”, sugeriu.

O debate, conduzido pela presidente da Comissão, deputada Flávia Morais (PDT-GO), além do Confea, contou com a participação de entidades como a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Texto: Equipe de Comunicação do Confea

wordpress