Crea-RN sai em defesa do salário mínimo profissional dos profissionais do Sistema

Crea-RN  sai em defesa do salário mínimo profissional dos profissionais do Sistema

Por CREA-RN em 14/06/2019 às 01:05

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (Crea-RN) manifesta posição contrária à proposição do deputado federal Ubiratan Sanderson (PSL/RS), apresentada na quarta-feira (12), sugerindo a revogação da Lei 4.950-A/1966, que estabelece o salário-mínimo profissional dos engenheiros.

Ao justificar a proposição, o deputado argumenta tese equivocada de inconstitucionalidade da legislação e que os salários dos engenheiros seriam altos demais. “Entendo que a posição do parlamentar demonstra desconhecimento sobre a importância da engenharia no desenvolvimento e na soberania nacional”, disse a presidente do Crea-RN, Adalgisa dias.

O conselho buscará as entidades de classe para que realizem ações, junto à bancada federal, contra a aprovação desse projeto. “O Crea-RN está atento e lutará para derrubar essa proposta que tem como objetivo desvalorizar a engenharia”, afirma Adalgisa.

Segundo a presidente, “o Crea-RN já fez uma nota e vamos fazer uma reunião com as entidades de classe para conversarmos com a bancada. Gostaria até de sugerir que os outros Creas fizessem ações parecidas para que a gente possa ter uma voz una sobre essa questão. Uma comunicação unificada é importante para que possamos falar a mesma linguagem, todos os Creas junto com o Confea e entidades, uma só voz defendendo o profissional e, principalmente, a valorização da engenharia”, ressaltou Ana Adalgisa.

Em resposta à sugestão da presidente do Crea-RN, o presidente do Confea, Joel Krüger, afirmou que o Confea está atento e tomando as devidas providências em relação ao assunto. “É lamentável o entendimento do deputado que divulgou nota afirmando que tomou essa atitude porque há muitos engenheiros desempregados, mas a assessoria parlamentar já está atuando nesse caso”, afirmou. 

A matéria será despachada pela mesa diretora para análise das Comissões de Trabalho, Administração e de Serviço Público na Câmara dos Deputados. O Crea-RN segue acompanhando de perto essa questão, já que a valorização profissional é uma bandeira defendida pela presidente do Conselho, Ana Adalgisa Dias.