Caicó sedia 29º Seminário de Fiscalização do Crea-RN

Caicó sedia 29º Seminário de Fiscalização do Crea-RN

Por CREA-RN em 16/05/2019 às 10:43

O 29º Seminário de Fiscalização do Crea-RN teve início na última terça-feira (23) no município de Caicó, localizado a 280 quilômetros de Natal. Cerca de 50 pessoas participam do evento que reúne, além dos profissionais de fiscalização do RN, representantes dos estados do Amazonas, Alagoas, Maranhão, Paraíba e Roraima.


Na abertura do evento, a presidente do Crea, Ana Adalgisa Dias, alertou aos profissionais de fiscalização que, normalmente, a sociedade liga mais o Crea à área de engenharia civil, mas que é importante quebrar esse paradigma. “Precisamos que as outras profissões também se sintam representadas, por isso investimos em capacitação permanente dos nossos profissionais da fiscalização para que possam aprimorar seus conhecimentos nas áreas abrangidas pelo Sistema Confea/Crea e possam atuar de forma ampla”, ressaltou a presidente.


O gerente de fiscalização do Crea-RN, Marcelino Júnior, explicou que a programação da 29ª edição do Seminário foi elaborada de modo a contemplar as áreas das engenharias, agronomia e geociências, além de repassar aos fiscais os planos de fiscalização das Câmaras Especializadas do Conselho para contribuir com o trabalho dos fiscais. “Nossa equipe é comprometida, então essa é uma forma de ajudá-los a desempenhar bem as funções do dia a dia”, disse. 


A programação do Seminário foi aberta pela gerente de Recursos Humanos do Crea-RN, Sátva Leiros, que apresentou o projeto do planejamento estratégico do Crea-RN. Em seguida, o assessor jurídico do Conselho, Murilo Mariz, ministrou a palestra “Direito Administrativo e auto de infração do Crea-RN” e respondeu diversos questionamentos dos participantes a respeito dos autos.


Após a apresentação dos assuntos institucionais, os profissionais de fiscalização assistiram a palestra “Atividades da Mecatrônica no Cotidiano”, proferida pelo engenheiro de controle de automação, Lucas Campolina. O primeiro dia do Seminário foi encerrado com a palestra “Construções Hídricas no RN”, apresentada pelo engenheiro agrônomo José Procópio de Lucena que trouxe, ainda, uma discussão sobre o projeto de Transposição do Rio São Francisco para o RN.