Engenheiros ambientais participam de encontro no Crea-RN

Engenheiros ambientais participam de encontro no Crea-RN

Por CREA-RN em 06/11/2018 às 06:55

Estudantes e profissionais de engenharia ambiental participaram, nesta terça-feira (6), do I Encontro dos Engenheiros Ambientais do RN, no plenário do Crea-RN, que teve como tema “O futuro depende de nós”. Durante o evento, os participantes assistiram palestras sobre O Sistema Confea/Crea, A Mútua para o profissional Engenheiro Ambiental, Competências e Atribuições do Engenheiro Ambiental e a importância do associativismo, além de uma explanação sobre o lançamento da Associação de Engenheiros Ambientais do RN.

Durante abertura do evento, a presidente do Crea-RN, Ana Adalgisa Dias, fez uma apresentação sobre a finalidade do Sistema, como funciona o Conselho e sua importância na vida dos profissionais. Na oportunidade, Adalgisa alertou sobre a questão do cumprimento do piso salarial. “Recentemente encaminhamos ofício a algumas prefeituras que estão realizando concurso público e oferecendo salário abaixo do piso. Estamos em alerta e vamos trabalhar junto à bancada estadual para criar uma lei que garanta o cumprimento do piso em concursos públicos”, disse a presidente mostrando uma das lutas do Conselho em defesa dos profissionais.

O diretor geral da Mútua, Mário Amorim, falou sobre a importância da Mútua para os engenheiros ambientais e apresentou os benefícios da Caixa de Assistência.

A ideia do evento, segundo o estudante Vinícius Formighieri, um dos organizadores do encontro, era possibilitar a troca de informações entre os profissionais. “Hoje pudemos conhecer mais um pouco sobre o Sistema Confea/Crea e os benefícios da Mútua”, comentou.

O engenheiro ambiental Gilbrando Medeiros, integrante da equipe organizadora, falou sobre a importância desses profissionais terem sua própria associação. “Com uma entidade específica vamos poder lutar pelas nossas reivindicações de uma forma mais forte, especialmente nas questões ambientais e de atribuições dos profissionais”, explicou Gilbrando.

Em sua palestra, o presidente da Federação Nacional dos Engenheiros Ambientais, Renato Muzzolon Júnior, destacou que “o associativismo é importante para o reconhecimento da engenharia ambiental no Sistema”. Ele ainda ressaltou a questão das atribuições e competências dos profissionais da área ambiental.

Os participantes do encontro fizeram doação de leite em pó que será doado a Casa de Apoio Irmã Gabriela, integrando a campanha do Outubro Rosa/Novembro Azul, promovida pelo Conselho.