Presidente do Confea participará de audiência com o presidente da Petrobras

Por CREA-RN em 23/02/2017 às 09:58

“Estamos de acordo com tudo isso?”. Com esse questionamento, o presidente José Tadeu da Silva argumentou para os colegiados consultivos do Sistema a motivação para a ênfase com que o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) vem se posicionando contra a linha de investimentos adotada pela Petrobras em seu último leilão para a conclusão do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). A fala foi apresentada ao Colégio de Presidentes (CP) e ao Colégio de Entidades Nacionais (Cden), na tarde desta terça (21), durante o segundo dia do VI Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua, em Brasília.

O posicionamento do Confea foi recentemente apresentado à Frente Parlamentar Mista da Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Nacional, na Câmara dos Deputados, e à Casa Civil da Presidência da República, em reunião com o ministro Eliseu Padilha, que participou da abertura do evento. “A Petrobras colocou que apenas 20 empresas estrangeiras, sem qualquer vínculo com o país, poderiam participar deste processo, o que não concordamos porque isso destinará 2 bilhões de reais, do BNDES, para engenheiros de fora, o que poderá aumentar o desemprego dos engenheiros brasileiros”, comentou.
















A necessidade de discutir amplamente o tema em si justificaria a presença do ministro Eliseu Padilha no Encontro de Lideranças. “Lidamos com isso sem qualquer viés político, até mesmo porque estamos deliberando também outros temas com a Casa Civil, principalmente a Federalização do plenário do Confea”, considerou. A pauta Petrobras também o levou a aceitar um convite do presidente do Crea-RJ, Reynaldo Barros, para reunir-se com o presidente da estatal, Pedro Parente, no próximo dia 13 de março. “Estaremos promovendo uma plenária ordinária, já marcada, mas aceito o convite porque esse é o nosso dever e a nossa obrigação”.

CGU e TCU

O presidente também destacou aos presidentes de Crea e aos representantes de entidades a importância de todos participarem de uma palestra marcada para a manhã desta quarta-feira (22), na sala do Colégio de Presidentes, com técnicos da Controladoria Geral da União e do Tribunal de Contas da União. “Eles apresentarão os resultados de uma auditoria feita no Confea, em que eles dão uma espécie de cartão amarelo ao Sistema como um todo para que nos ajustemos em alguns pontos. O vice-presidente Daniel Salati nos representará, resumindo esse relatório, mas antecipamos que precisaremos rever uma série de ações para discutir essas demandas desses órgãos”.